Menu

Pré-temporada na Argentina trouxe muito aprendizado a atleta do Tênis do Clube Náutico de Sete Lagoas

O atleta do tênis do Clube Náutico, Pedro Kallas Ferreira, da categoria sub 12, e um de seus treinadores, Denner Nogueira, foram a Roldán, uma cidade localizada na província de Santa Fé, na Argentina, participar de uma pré-temporada, com duração de três semanas, na CECA Tennis (Centro Entrenamiento Cristian Amsler), localizado no clube CCUP (Centro Cosmopolita Unión y Progreso), com o treinador Cristian Amsler.

Cristian é conhecido por formar atletas de alto rendimento e consequentemente levá-los a conquistar pontos na ATP, o mais conhecido deles é o ex-tenista argentino Eduardo Schwank, que chegou ao ranking de número 48 na simples.

Cristian também é parceiro de trabalho do nosso grande ex-tenista profissional Gustavo Kuerten, em seu projeto das equipes Guga espalhadas pelo Brasil, dando consultoria e montando os macrociclos de treinamento.

Durante a pré-temporada são utilizados os três tipos de métodos para aprendizado – o visual, o auditivo e o cinestésico, mas dois deles se sobressaem em relação ao outro: o visual, onde o treinador demonstra ao atleta a mudança técnica na qual ele quer introduzir, ou o exercício tático no qual eles deverão realizar a seguir, e o Cinestésico, onde o treinador leva o atleta a sentir as mudanças propostas na prática (tato), ao invés de somente expressá-las com palavras, utilizando assim a sua inteligência corporal.

Foram três semanas de muito aprendizado, com dois turnos de treinos diários, contanto com treinos em quadra e na academia, onde os atletas realizavam exercícios de força, coordenação e agilidade.

O Pedrinho passou por várias mudanças técnicas e táticas e conseguiu se adaptar a elas positivamente, trazendo grandes melhorias para o seu jogo.

O treinador Denner, que o acompanhou nessa jornada, pôde vivenciar a experiência de estar em um centro de treinamento e acompanhar o dia a dia dos atletas, o ritmo de treinos, estar por dentro dos exercícios e aprender novos métodos de ensino, escutando as dicas dos treinadores, podendo se reunir com eles e debater sobre cada exercício e cada progressão realizada.

Realmente foi uma experiência incrível que trará novas dinâmicas para o Clube, que tem potencial para aumentar nossa equipe infanto/juvenil no ano de 2020, trazendo também mais visibilidade e competitividade aos atletas.

Por Carol Zilochi